sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Do Chiado à Av da Liberdade ao estilo dela



Começa no Chiado. Descer a Rua Garrett, depois a do Carmo, colocar os auscultadores, ouvir A$aP Rocky em Fashion Killa, e subir a Avenida da Liberdade. Cabelos compridos mais claros nas pontas com risco ao meio, escondida pelos óculos escuros. Um casaco um pouco oversized por cima de umas calças justas pontuadas com umas botas pretas. Ignora a H&M, a Muji e só pára já na montra da Miu Miu onde cobiça as carteiras. O instagram enche-se de fotos com inúmeras hashtags. Perde-se na Fashion Clinic, entre vestidos Gucci, Céline e Stella. Quer uns ténis Marat para calçar em vez das botas. Combina streetwear com high fashion e algumas outras coisas a que chama vintage. Cobiça o girly girly da Prada. Lamenta a não existência da Givenchy ou de uma Rick Owens. Queria tanto as camisolas pretas com o bulldog. Ficavam o máximo com a sua pele bronzeada e o cabelo quase em dois tons. Mas óptimo era uma
Balenciaga ou uma Proenza Schouler. Comenta, escreve, publica sobre o que gosta e quer enquanto continua a subir. Na rotunda do Marquês desce agora pelo lado mais probre da Avenida. Sobe até ao primeiro andar do São Jorge. Ali na esplanada pede uma água e um café e acende um cigarro.

4 comentários:

margas disse...

Partilho dos gostos! ;)

E disse...

;)

S* disse...

Miu Miu, my dream... :P

E disse...

Acho que a mulher Miu Miu é lindíssima.