quinta-feira, 14 de novembro de 2013

És escritor? Não, tenho um blog



Muita coisa se aprende a ler. E a ler aqueles que gostamos, principalmente. E os que escrevem incrivelmente melhor que nós. Bukowski sabia disso. Bukowski, esse que subverteu todas as regras e escreveu a sua biografia antes mesmo quase de viver. Ou pelo menos a vida literária. A que é mais importante. Ainda que nele, ande tudo lado a lado.

Ali, numa linha escreve:

 O Becker sabia escrever, escrevia melhor do que eu. 

E está dada a lição. Com poucas palavras. Sem metáforas ou comparações. Como me disse um amigo, Bukowski não tem tempo para metáforas.

E é verdade. Temos de ter a perfeita percepção que há melhores que nós. Que não somos únicos. Somos, sim, mais um. O mesmo amigo de cima, disse-me, não interessa se és publicado ou não, interessa se escreves e porque escreves. E ele, tal como Bukowski, tem razão.




1 comentário:

nemsabesnoquetemetes disse...

É esse o "it" do velho Hank, uma brutalidade honesta e uma honestidade brutal.