sábado, 15 de fevereiro de 2014

O Animal Moribundo

Por vezes apercebemos-nos como tudo é simples. E belo. Voltar a abrir um livro de Roth faz-me ter essa certeza. Como é simples, para uns, escrever intimidade e pensamentos.

Está frio. Não chove hoje. Altura de sair. Conversas durante a noite embrulhados  grossos casacos. 

1 comentário:

Fernando Mesquita disse...

Parabéns pelo Blog!

Convido a visitarem o meu em:

http://terapiassexuais.blogspot.com

até breve,

Fernando Mesquita
Psicólogo/Sexólogo