sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Desabafo



Inglaterra: quase 20 linhas de metro a funcionar num horário que permite trabalhadores diurnos e nocturnos de se servirem convenientemente. Um sistema de bilhetes em que as pessoas usam e pagam aquilho que lhe convier. As estações podem ser feias. Os animais podem andar nas carruagens desde com trela e de borla. As bicicletas podem andar nas carruagens.

Portugal: quatro linhas de metro a funcionar com poucas carruagens nas redes mais concorridas. Estações que são museus. Um sistema de bilhetes caro e desadequado ao país e ao serviço que presta. As pessoas são obrigadas a pagar mesmo que não utilizem. Os animais pagam bilhetes (por vezes fecham os olhos, vá!). as bicicletas só depois de determinada hora.

Inglaterra. As pessoas utilizam o lado direito das escadas rolantes. Deixam o outro lado para quem quer ir mais rápido. As pessoas nas carruagens ocupam todo os espaço quando não há lugares sentados. As pessoas facilitam as saídas e as entradas. Os mais velhos têm um lugar porque os mais novos se levantam. Os mais velhos se saírem na saída seguinte prescindem desse lugar.

Portugal: As pessoas borrifam-se para as outras. Ponto final.  


 Podem dizer que há excepções. Pois claro que há. Eu próprio gosto de acreditar que sou uma. Mas a realidade, a maioria, o todo representativo é assim.

5 comentários:

Silvia disse...

It's funny because it's true. Isso das pessoas serem simpáticas é o que mais me choca (é suposto ser tudo cisudo (e outro termo que me está a escapar e não são).
MAS o metro é caroooooooo. E as estações não são feias!

E disse...

Eu não achei caro, no aspecto em que pagas o serviço que queres. queres X viagens pagas X dinheiro. Ou carregas o cartão (oyster se não me falha a memória) e andas até haver saldo. aqui tens invariavelmente de pagar 35 euros por uma data de coisas mesmo que não uses. No meu caso não uso, e só tenho bilhestes, porque uso o metro somente quando chove a potes porque a bicicleta é o meu meio de transporte (não me interessa se tenho de andar de fato).

E as estações são feias comparadas com as nossas novas. Não estou a discutir a questão estética puramente, mas toda aquela necessidade megalómana de fazer estações enormes.

E eu estive aí em setembro. E voltei a contragosto. Tentei ir para aí de novo. Permanente. Até tinha um título novo para o blog e tudo :P

Sue disse...

Eu sei o que te esta a incomodar, mas gente estupida vai ser existir!

Silvia disse...

! Mas aqui nao ias conseguir andar de bicicleta! It rains all the time (se bem que nem por isso...)!
Well, acho que devas registar o endreço na mesma, e um para NY também. You never know!


Yeah, em comparação é melhor, mas eu aí também só usava bilhetes por isso não sei.

nAnonima disse...

entendo-te tão bem....