terça-feira, 19 de março de 2013

Ali, no Sena, em Paris



A primeira vez que vi Paris tinha 13 anos. E foi mesmo ver pela primeira vez. Viajava de carro. Tinha dormido durante um bocado enrolado no banco de trás. Acordei e estava ao pé da Torre Eifel. E assim vi Paris pela primeira vez.


Quando preciso recordar a esse momento é muito simples. Não sei se as coisas aconteceram mesmo assim ou não. Mas já não é importante. Tinha umas calças de ganga azuis e um t-shir branca e uns nike sujos nos pés. Sai do carro e olhei para a Torre. Estava no meio de um parque de gravilha, é assim que me lembro. Coloquei as mãos à frente dos olhos a fazer de pala e olhei para cima. Era bem cedo de manhã, ainda não havia qualquer fila para os bilhetes. E depois subi até lá acima.


Depois, houve mais Paris. Anos depois.

2 comentários:

Andy disse...

Adorava ir a Paris... É uma das minhas viagens de sonho. Mas parece estar a uma grande distância temporal :\

E disse...

Nenhum sonho está longe. O sonho é muitas vezes melhor que a realidade. E tão mais simples. basta fechar os olhos.