quarta-feira, 21 de maio de 2014

Pela Janela Vejo a Dança

Na semana passada, num dos raros dias que saí cedo o sol ainda emanava quente. O Gato preto miou quando entrei em casa. Ronronou e pediu festas. Já no meu colo soltou um miado para ir à rua. Soltei a porta das traseiras. Daqueles pequenos jardins presos entre prédios. A música estava alta. O Gato Preto cheirou o som. Eu segui com os olhos. A minha vizinha do andar do lado dançava. Miúda de olhos fechados mas sorriso na cara abanava-se. Feliz. Rodava. Contente. A música do "Não me Toca". Independetemente de gostos, da letra, ela estava feliz. A música mexia com ela. E esqueceu-se da janela aberta. Esqueceu-se que o som vinha cá para fora. Esqueceu-se de tudo. E dançou.


4 comentários:

Nada disse...

Apesar dos gostos...é bom nos deixarmos levar pela musica e esquecer!

Mam'Zelle Moustache disse...

Gostos e qualidade musical à parte, também já me surpreendi a dançar ao som dessa música. Há ali qualquer coisa que nos leva a mexer o corpito. Não sei explicar... ;)



Tiraste umas feriazitas do blogue, foi?

melody disse...

E é tão bom... No final de um dia de trabalho fazer exactamente isso. Poderia tão bem ser eu a tua vizinha...

E disse...

Nada
Gostos discutem-se ;)

Mam

Quase, uma espécie de crise.

Melody

Acho que podia ser a vizinha de alguém, qualquer pessoa.